• Av. Tiradentes, 998 7º andar, Luz - SP
  • (11) 4280-6450
  • secretaria@sindautoescola.org.br

Sindautoescola.SP participará de audiência para discutir atualização da legislação para formação de condutores

Audiência Pública marca o retorno dos debates para alteração da Resolução Contran nº 168/04, responsável por estabelecer todas as normas do processo de formação de condutores no país.

 

     

 

Por Sindautoescola.SP
Criado em 05/06/2018 - Última modificação em 05/06/2018
Acessos: 723

 

A Comissão de Viação e Transportes (CVT) realiza audiência pública nesta quinta-feira (7) para discutir a proposta de alteração da Resolução Contran nº 168/04, que estabelece normas e procedimentos para a formação de condutores de veículos automotores e elétricos.

O presidente do Sindautoescola.SP, Magnelson Carlos de Souza, foi convidado e participará da Audiência Pública. “É normal que se levantem questionamentos e incertezas quanto a uma possível atualização das normas para formação de condutores, entretanto, é vital que o setor acompanhe a modernização e busque maneiras de aprimorar o processo de formação de condutores”, afirma.

Para o deputado Hugo Leal (PSD-RJ), que propôs o debate, a possibilidade de alteração das normas para formação de condutores no País tem gerado dúvidas e insegurança tanto de centros de formação de condutores quanto das pessoas interessadas em fazer a sua habilitação.

Convidados para o debate:

O diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Mauricio José Alves Pereira;

O presidente da Associação Nacional de Detrans, Antônio Carlos Gouveia;

O presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, José Aurélio Ramalho;

O presidente do Sindicato dos Instrutores de Trânsito e Empregados em Autoescolas de Aprendizagem do Estado do Rio de Janeiro, José Augusto Meireles dos Cantos;

O presidente do Sindicato das Auto Moto Escolas e Centros de Formação de Condutores no Estado de São Paulo e representante da Associação Brasileira das Indústrias e Revendedores de Produtos e Serviços para Pessoas com Deficiência (ABRIDEF), Magnelson Carlos de Souza;

O presidente do Instituto Nacional dos Centros de Formação de Condutores e Cursos, João Pinto Ribeiro;

O consultor em Segurança Viária da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, Wilson Yasuda.

* Fonte: Agência Câmara Notícias (algumas informações desta notícia foram retiradas do portal www2.camara.leg.br)

 

Leia sobre

resolução 168  formação 

 

Estamos no WhatsApp!

Cadastre seu número para receber diariamente nossas notícias