• Av. Tiradentes, 998 7º andar, Luz - SP
  • (11) 3929-5779

As consequências da desburocratização: Contran anuncia mudanças no processo de formação de condutores

Contran anuncia mudanças no processo de formação de condutores.

Por Magnelson Carlos de Souza
Criado em 14/06/2019 — Atualizado em 14/06/2019

As consequências da desburocratização: Contran anuncia mudanças no processo de formação de condutores
Contran anuncia mudanças no processo de formação de condutores

Desde o início do ano, o atual governo federal vem sinalizando para desburocratizar todo o processo de habilitação, sempre com o apelo de que está “muito caro” para se habilitar no Brasil. Em todas as manifestações, as entidades representativas do setor buscaram diálogo no sentido de entender as reais intenções do governo e com isso colaborar na construção de um novo processo de habilitação no país, entretanto, sempre com o compromisso de que essas mudanças não causassem um impacto ainda maior em um setor que carece de mais atenção e de mais investimentos.

Sempre primamos para que toda e qualquer mudança fosse precedida de um debate técnico, onde pudesse ser considerado tudo aquilo que foi construído no passado e o que queremos para o futuro, e principalmente analisar as consequências que uma resolução pode causar no cidadão, nos departamentos estaduais de trânsito e nas empresas que efetivamente prestam o serviço.

Não podemos esquecer que o Brasil ocupa a vergonhosa posição de quarto lugar NO MUNDO em número de acidentes e mortes no trânsito, e em nome da desburocratização ou facilitação para o cidadão não podemos ter a expectativa que este triste e alarmante cenário possa melhorar. Talvez tenhamos o inverso, ou seja, esse governo ficará com a imagem de que o Brasil ocupará o primeiro lugar em número de acidentes e mortes no mundo.  

Por fim, entendo que o processo de habilitação no Brasil, que é uma referência positiva na América do Sul, pode, sim, ser aprimorado e até mesmo desburocratizado, porém é imprescindível que seja feita de maneira responsável, técnica e, acima de tudo, ouvindo e debatendo com a sociedade e todos os setores envolvidos, para que juntos possamos transformar as Autoescolas em entidades de ensino.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Podcast episódio 54: Trânsito, por Julyver Modesto

As novas regras para formação de condutores realmente entrarão em vigor na próxima semana? Elas valem também para os processos já iniciados? A suspensão judicial da Resolução n. 778/19 aplica-se para todo o país ou só para o Rio Grande do Sul?

RECEBA NOSSAS INFORMAÇÕES VIA WHATSAPP

Cadastre seu número para receber nossas notícias e acompanhar ainda mais de perto nosso trabalho.