• Av. Tiradentes, 998 7º andar, Luz - SP
  • (11) 3929-5779

Simulador de direção: e agora, o que fazer?

Sindautoescola.SP está mantendo contato com as empresas fabricantes do simulador para uma reavaliação dos contratos com a categoria.

Por Sindautoescola.SP
Criado em 12/07/2019 — Atualizado em 12/07/2019

Após a publicação da Resolução Contran nº 778/19, que entre outras medidas, torna o uso do simulador de direção facultativo no processo de formação de condutores, muitas Autoescolas/CFC’s que possuem o equipamento questionam a continuidade no uso da ferramenta após a entrada em vigor da nova legislação, que deve acontecer em 15 de setembro de 2019.

“Neste momento não devemos avaliar a eficácia do equipamento. Entendemos que o simulador representa um avanço tecnológico significativo para o setor e estamos atuando especialmente em respeito às autoescolas que investiram e se adequaram para o cumprimento da exigência”, afirma Magnelson Carlos de Souza, presidente do Sindicato.

Com a nova realidade imposta pela Resolução Contran nº 778/19 nos processos de habilitação, o Sindautoescola.SP entrou em contato com as empresas fabricantes do simulador credenciadas no estado de SP, para solicitar uma reavaliação dos contratos de prestação de serviço firmado com as Autoescolas/CFC’s.

"Recomendamos que as autoescolas que possuem o simulador de direção entrem em contato com as respectivas empresas fabricantes para uma revisão dos contratos, até porque a decisão da manutenção ou não do equipamento na empresa é exclusiva do proprietário da autoescola", completa o presidente do Sindicato. A empresa ProSimulador já emitiu nota tratando desse assunto. Veja a seguir comunicado na íntegra.

Nota da ProSimulador sobre a nova realidade dos simuladores
Nota da ProSimulador sobre a nova realidade dos simuladores

LEIA MAIS NOTÍCIAS

RECEBA NOSSAS INFORMAÇÕES VIA WHATSAPP

Cadastre seu número para receber nossas notícias e acompanhar ainda mais de perto nosso trabalho.