A partir de 2021, o pagamento da contribuição associativa (mensalidade) dos associados do Sindautoescola.SP será totalmente digital (entenda abaixo). “Com essa mudança, geramos economia para o Sindicato e comodidade para o associado”, diz Magnelson Carlos de Souza. Economia essa que permitiu a manutenção do valor da mensalidade sem reajuste para 2021. “Trata-se de uma nova etapa da transformação digital do Sindicato”, completa.

Veja a seguir os detalhes do planejamento do Sindautoescola.SP para 2021.

Continuidade no trabalho de representatividade

O grande objetivo da atual diretoria do Sindicato para o próximo ano será ampliar os serviços que podem ser oferecidos por uma Autoescola/CFC no estado de SP. Vale destacar que recentemente o Detran.SP atribuiu aos CFCs a possibilidade de realização do exame teórico de primeira habilitação.

“Claro que não estamos nos esquecendo dos diversos problemas que ainda enfrentamos por conta da pandemia e das mudanças no Detran.SP e Poupatempo, mas ao mesmo tempo estamos empenhados em trazer novos serviços para o setor” – Magnelson Carlos de Souza

Contribuição associativa

Todos os meses o Associado Sindautoescola.SP vai receber no e-mail cadastrado um link para pagamento online da contribuição associativa. O associado vai poder escolher entre pagar com o cartão de crédito (em até 12 vezes) e outras formas de pagamento.

Foco no associado

O Associado Sindautoescola.SP será (ainda mais) a prioridade do Sindicato. Já a partir de janeiro, as notícias e demais conteúdos estarão disponíveis mediante acesso com ‘login’ e ‘senha’ no Portal Sindautoescola.SP.

Uma das ferramentas de comunicação de maior sucesso do Sindicato, o WhatsApp, passará a enviar mensagens apenas para o associado. “Queremos o nosso associado bem informado e cada vez mais perto e integrado de como fazemos nosso trabalho”, afirma Magnelson Carlos de Souza.

Contribuições em atraso por conta da pandemia

Nos próximos dias o Sindicato vai começar a enviar e-mails para os associados que deixaram de recolher a contribuição associativa nos últimos meses devido a pandemia. O propósito é entender a real situação de cada empresa e buscar a melhor negociação das mensalidades em aberto.